quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Cepos do Novo Milénio - SLB nº 6

Caros leitores,

Mais um dia, mais um cepo!

É verdade, estou a esforçar-me por recuperar o tempo perdido, e infelizmente há ainda muito cepo para recordar…

O sr. Cristiano tem a particularidade de ser o único (repito, o único) jogador de que tenho memória de ter visto o meu colega Deusébio criticar abertamente.

É que quando um jogador enverga o Manto Sagrado, este está ciente da sua responsabilidade, e os adeptos tentam sempre dar uma hipótese ao jogador, enfim, prosaicamente falando, dão-lhe um “tempinho”.

Este “tempinho” pode ser mais ou menos extenso, dependendo de uma série de factores – o jogador é sul-americano? é jovem? vem de um clube pequeno? Todos estes factores condicionarão a tolerância concedida pelo Tribunal da Luz ao novo jogador.

Ora, caros leitores, para o meu colega Deusébio, a tolerância em relação a Cristiano era NULA! Nunca tinha visto algo assim! Deusébio, sempre defensor dos jogadores, foi o primeiro a criticar Cristiano e a rotulá-lo de cepo! E com razão, como se viu.

Cristiano chegou ao BENFICA oriundo do Beira-Mar, clube onde militou por 4 épocas, com exibições regulares – aliás, eu nunca concordei com a sua aquisição, mas como Benfiquista, quis dar o benefício da dúvida àquele novo reforço…

Mas nem com todos os benefícios da dúvida do mundo este homem haveria de ser alguma coisa de jeito… Foi um verdadeiro buraco da defesa, um autêntico passador, que só disfarçava a sua cepiçe com os golos de cabeça que lá ia marcando num ou outro canto marcado.

Contudo, a existência de (muito!) melhores alternativas na defesa, como Ricardo Rocha, Argel e o recém-chegado Luisão remeteram-no não para o banco de suplentes, mas para a bancada!

Duas épocas ao serviço do BENFICA foram suficientes para o despachar para o Belenenses por empréstimo. No Belém voltou às exibições regulares (pela mediania), o que comprovou a minha teoria de que Cristiano não tinha nível para envergar o Manto Sagrado.

O Belenenses não accionou a opção de compra, facto que o relegou para a equipa B do BENFICA, numa época também passada ao serviço do Juventude (Brasil), por empréstimo.

No final da época 2005/2006, Cristiano sai pela porta pequena, com destino ao poderoso Atromitos da Grécia, onde ainda joga.

Um péssimo jogador, sem classe nem técnica para jogar no BENFICA, e ainda hoje não consigo compreender por que razão chegou a vestir de vermelho.


AUTÊNTICO CEPO!


SÃO CEPOS, MAS VIVA O BENFICA!!

5 comentários:

Deusébio disse...

Bom...este sim deveria ter sido o Cepo nº1!

Tal como é referido no post, este foi dos poucos jogadores ao serviço do BENFICA que critiquei negativamente!

O homem era mau demais! Não havia pachorra para a lentidão do seu "jogo"...e nem nos livres mostrava a sua suposta qualidade!

Enfim, tou a gostar da velocidade a que novos cepos têm sido postados...mas tou à espera tb de ver os novos cepos do foculporto para poder gozar à grande!! :)

Força BENFICA!!

Legion disse...

caro deusébio, como referi no post, estou a tentar recuperar o ritmo!

em relação a este cristiano, não caí em mim quando o vi a criticar, pela primeira vez um jogador do Glórias!

mas este merecia mesmo as críticas, não há dúvida...

em relação aos cepos tripeiros, fale com o dragão da britania, já que há largos meses que este está em falta...

FORÇA BENFICA!

HF disse...

epá ja substituiam algumas das fotos do lado e punham mais coisas ligadas ao gonas!!

Deusébio disse...

Caro HF, como já deve ter reparado de certeza, o grafismo do Gremio esta em fase de mudanças, por tanto tem mais e que estar calado e commentar mais sff! e ja agr postar sobre o queijo...

PS - a sua opinião será tomada em conta como é obvio.

Cannavaro disse...

Caríssimos,

De facto o Cristiano será sempre um cepo. Mau tecnicamente, pessimo tacticamente.. enfim.

Aqui fica uma pergunta com cheirinho a desafio:

Para quando o post do Nuno Assis?

Cheers!